fbpx
Nenhum Comentário

Trabalhador deve ficar atento a empresas que não pagam o fundo de Garantia

A Procuradoria Geral da Receita Nacional informa que aproximadamente 225 mil empresas estão devendo R$32.2 bilhões em depósitos no Fundo de Garantia.Essa inadimplência prejudica cerca de 8 milhões de trabalhadores.
Após o dia 13 de novembro deste de ano, prescreveu o direito de entrada com ação na Justiça questionando o que não foi pago nos últimos 20 anos.
O trabalhador que que não recorreu até a data de prescrição, perdeu a oportunidade de recuperar seus valores .

Crie o Hábito de Monitorar seu Fundo de Garantia

O trabalhador deve ficar atento, e monitorar constantemente o saldo da sua Conta Ativa, visando ter um controle maior das informações do que está sendo lançado na Conta do Fundo de Garantia, ou até mesmo, identificar possíveis fraudes, tais como: Inadimplência das empresas, Erros operacionais da caixa econômicas, confiscos do Governo, ou por conta da Taxa Referencial que regulariza o rendimento do Fundo de Garantia.



Trabalhador ainda pode recorrer os últimos 5 anos não pagos de Fundo de Garantia

O trabalhador ainda tem o direito de entrada na justiça para reaver os valores dos último 5 anos não depositados. Leia mais na matéria publicada.

Veja as empresas que mais devem Fundo de Garantia

EmpresaDívida com o Fundo de Garantia
VarigR$ 606,5 milhões
VaspR$ 158,8 milhões
Associação Sociedade Brasileira de Instrução (Asbi)R$ 130 milhões
Sociedade Universitária Gama FilhoR$ 125,7 milhões
Laginha AgroindustrialR$ 118,8 milhões
CorreiosR$ 113,8 milhões
TV MancheteR$ 102,5 milhões
EletropauloR$ 94,5 milhões
Smar Equipamentos IndustriaisR$ 91,6 milhões
Teka Tecelagem KuehnrichR$ 86,8 milhões
Busscar ÔnibusR$ 84,7 milhões
Associação de Ensino Superior de Nova IguaçuR$ 82 milhões
Município de Itabuna (BA)R$ 74,9 milhões
Associação Educacional São Paulo Apóstolo (Assespa)R$ 65,5 milhões
Usina Central ParanáR$ 63,6 milhões
Sata Serviços Auxiliares de Transporte AéreoR$ 63,4 milhões
Zihuatanejo do Brasil Açúcar e ÁlcoolR$ 62,6 milhões
Bloch EditoresR$ 62,2 milhões
Sociedade Educacional Tuiuti (Set)R$ 61,4 milhões
Leão Irmãos Açúcar e ÁlcoolR$ 52,9 milhões
TotalR$ 2,3 bilhões



Receba atualizações no seu email

Comentários

Deixe sua resposta