fbpx

É muito simples e fácil usar o FGT.

 

Quando você precisar adicionar uma conta, ou criar a sua primeira conta, vá ao menu lateral esquerdo, no botão “Criar Conta Fundo de Garantia”. E o formulário para sua nova conta irá aparecer.
Os campos “Código de Opção” e “Data de Opção” são preenchidos automaticamente, caso você tenha sido admitido depois do dia 22 de setembro de 1971.

Lançar Depósitos

Todo mês a empresa que você trabalha deposita ou deveria depositar na sua conta do Fundo de Garantia 8% do seu salário base. Para manter, ou recriar a sua conta, no nosso sistema, você precisa lançar os depósitos do mesmo modo que a sua empresa.

Vá para o menu à esquerda na parte de “Inserir Depósitos” e escolha o tipo de depósito que você deseja fazer. A primeira opção é o botão “Mensal”, onde se pode fazer um lançamento individual ou por período, lançamentos de mesmo valor por um número de meses que você vai determinar. Escolhendo também a forma do lançamento, o valor do depósito ou o valor do seu salário base.

Existe a opção 13º. Salário, onde você lança o depósito da segunda parcela do 13º. Salário. A primeira parcela já vem somada no mês em que ela foi paga, sendo lançada junto com o salário do mês. A segunda parcela pode ser lançada de forma independente por esta opção ou somada com o pagamento do mês de dezembro e lançada na opção Mensal. Quando o 13º salário é pago na rescisão ele é lançado junto com as outras verbas na opção Outros Depósitos sub-opção Depósito Rescisório.

Outros Depósitos, é usado para fazer o lançamento do Fundo na Rescisão, Ações da Petrobrás e Vale, Distribuição de Lucro Líquido que começou em 2017, e outros depósitos.

Se você já tiver feito algum saque na sua conta do Fundo de Garantia, você precisa ir ao menu do lado esquerdo da tela e ir na parte “Inserir Saques” e escolher qual das duas opções de saque foi feita.

A primeira o “Normal”, é usada para lançar os saques que você fez, bastando lançar a data e o valor, além de escolher qual foi o tipo de saque, entre as opções: Saque para Moradia, por Aposentadoria, entre outros.

A segunda opção “Calcular Multa de 40% na rescisão“, é usada quando você quer calcular os saques realizados sem ter a necessidade de reconstituir toda a conta, ou seja, basta lançar os saques realizados. Neste caso, você irá precisar criar uma conta independente para obter este saldo.

Para algumas pessoas, principalmente aquelas que possuem contas muito antigas, recriar a conta fazendo todos os depósitos pode se tornar um trabalho extensivo e chato. Por isso criamos a parte de “Inicializar Saldo”.

Aqui você vai poder, tendo certeza de que todas as informações estão corretas, começar a sua conta do Fundo de Garantia de um ponto que você quiser. Para uma conta ser inicializada normalmente vá ao primeiro botão desta parte chamado “Inicial”. Preencha aqui os valores de saldo iniciais de JAM e de depósito e selecione a data do crédito a ser inicializado. Para obter estas informações você tem que pedir um extrato de sua conta no Fundo de Garantia na Caixa Econômica Federal, que é gratuito.

A segunda opção “Expurgos TR x INPC“, é usada para se calcular as perdas geradas pelos Expurgos da TR (Taxa Referencial), que confisca a Atualização Monetária do Fundo de Garantia. Somente nos últimos 10 anos, a diferença da TR para o IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo) do IBGE, que mede a inflação do país, gerou uma perda de mais de R$ 400 bilhões. Neste caso é mais fácil, lance todos os depósitos que a empresa realizou desde julho de 1999 com base em extrato obtido na Caixa Econômica Federal – CEF, que você pode tirar a qualquer momento pelo site www.fgts.gov.br, ou pelo aplicativo da do FGTS fornecido pela CEF, ou solicitar um extrato diretamente em uma agência da CEF.

A terceira opção “Expurgos Planos Verão e Collor I“, é usada para se calcular as perdas causadas pelos Expurgos dos Planos Econômicos Verão (janeiro/1989) e Collor I (abril/1990). O primeiro passo é colocar o valor do saldo do seu Fundo de Garantia da data 01/12/1988 e o valor do somatório dos saques entre 02/12/1988 e 28/02/1989, se você tiver feito algum, os dois devem estar em cruzados pois o sistema vai ajustar automaticamente.
Agora você vai inserir o valor do saldo em 01 ou 02/04/1990 e o valor somatório dos saques entre 03/04/1990 e 30/04/1990, se você tiver feito algum. Desta vez certifique-se que o valor esteja em cruzeiros, e você concluirá a operação. A partir dai, basta consultar ou emitir o extrato com o saldo dos expurgos atualizados.

Obter Saldo ou imprimir Extrato:

Para poder consultar ou imprimir o extrato da sua conta com o saldo do Fundo de Garantia atualizado, basta clicar a opção “Consultar / Imprimir Extrato com Saldo“. Você tem até 7 (sete) dias de uso GRATUÍTO para consultar o saldo de suas contas.

Agora você pode escolher o período em que deseja verificar seu saldo, escolhendo a data inicial e a final, ou deixando em branco se preferir ver o extrato por completo. Além de decidir qual o tipo de extrato que quer tirar do nosso sistema, marcando a opção abaixo.

Você tem três opções de extrato:
1 – Extrato Oficial, para ver o histórico dessa conta junto do seu saldo com, ou sem, a multa rescisória, caso tenha saído do seu emprego;
2 – Extrato com expurgos Planos Verão e Collor I, você verá seu extrato do mesmo modo que o anterior, mas com o cálculo dos expurgos. Nas duas novas colunas à direita, você verá o valor e saldo da sua conta sem os expurgos e o valor a receber dos expurgos, de acordo com a data do histórico. Usado para quem tem uma ação na Justiça, ou para verificar se o valor pago pela Caixa Econômica estava correto;
3 – “Extrato TR x INPC”, você verá seu extrato do mesmo modo que o anterior, mas com o cálculo do rendimento usando o INPC no lugar da TR, mostrando quanto você perdeu com os confiscos (expurgos) gerados pela TR nas duas novas colunas à direita. Este saldo serve para quem tem uma ação na justiça para recuperar as perdas desde agosto de 1999º.

Se for necessário, você ainda vai poder imprimir este extrato ou mandá-lo para algum e-mail de sua escolha.

 

 

IMPORTANTE: Para reconstituir suas contas, lançando depósitos, saques ou inicializando o saldo, é necessário que você tenha um extrato de sua conta no Fundo de Garantia, caso ela exista. Clique aqui e veja como conseguir seu extrato oficial gratuitamente na Caixa Econômica Federal.